segunda-feira, 15 de abril de 2013

946 - Soneto réquiem do domingo

Boa noite... Está começando o Fantástico e está terminado seu domingo

Nos tempos do Cid Moreira
Ele era de misericórdia o tiro
E o mais melancólico retiro
Do domingo. A segunda-feira

Vinha. O Fantástico era a inteira
Anunciação do derradeiro giro
Dominical. Até hoje não o prefiro.
Aliás, a televisão domingueira,

Refuto-a. Tão irrestrita porcaria
Reflete bem o que é este dia
Que só futebol é o que a redime.

Mas ainda assim nem sempre o é.
Tem semana que nem bola no pé
Salva. O jogo é ruim ou meu time.

Francisco Libânio,
14/04/13, 8:59 PM
Postar um comentário