segunda-feira, 8 de abril de 2013

913 - Soneto ferrado

Uma mulher cercada só por gente fina, tipo esse velhinho bonachão que matou um monte de gente no Chile.

Morreu dona Tatcher, dama de Ferro,
Primeira Ministra que liderou a guerra
Estúpida e levou pra lona a Inglaterra
E seu trabalhador comum ao desterro.

Importância teve, a isso não me cerro
Como não fecho os olhos a quem erra,
A quem, por ser de ferro, mais ferra
Os outros e se vangloria por esse erro.

Morreu quem disseminou desemprego,
Morreu quem fazia inflar o próprio ego
E tinha amigos do calibre do Pinochet.

Minuto de silêncio, O Reino rememora,
Sua grande líder e a maior destruidora
Que deu à Direita o mais famoso clichê.

Francisco Libânio,
08/04/13, 12:16 PM
Postar um comentário