segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

1387 - Soneto aos amigos de retrospectiva

Igual a do ano  passado, com mortos diferentes.

Duas coisas não faltam nesse momento,
O especial do Roberto e a retrospectiva,
O primeiro procura manter a chama viva
Do rei e tem o público cativo e briguento,

Enquanto a outra é o rápido arrolamento
De coisas passadas e a narração aflitiva,
Se há algo positivo, a narração esquiva
E repisa dramaticamente um outro evento.

Tem quem se agrade e ponha na agenda
O dia para reavivar cada tragédia horrenda
Do ano que passou. Cada um, um gosto...

Já a minha retrospectiva, essa não passa
Na TV, também, não teria qualquer graça,
Mas que é mais feliz que a de lá, eu aposto.

Francisco Libânio,
27/12/13, 9:48 AM
Postar um comentário