sábado, 21 de dezembro de 2013

1353 - Soneto aos indecisos

Por onde ir? O que fazer?

E quando pinta a dúvida de repente,
Vem o dilema de dificílima solução,
Uma vara de vantagens na opção
Um enquanto a dois não é diferente.

Põe-se lado a lado e frente a frente
As opções e você para a acareação,
O embate racional e uma discussão
Para que a dupla de opção enfrente

Uma a outra como enfrente a você.
E é durante o embate quando se vê
Qual melhor? Qual merece escolha.

O problema é quando tudo soa igual,
A parelha parte pro frio ou emocional
E a dúvida aumenta mais essa bolha.

Francisco Libânio,
17/12/13, 7:53 PM
Postar um comentário