quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

1333 - Soneto aos bárbaros uniformizados

Eu também te amo.

Futebol é alegria e é diversão,
Ópio do povo, que seja, é legal,
É aliviador além de lazer frugal
E, claro, sempre cabe a gozação,

A galhofa, a piada de boa intenção,
O que não vale é viver irracional
E fazer do futebol a causa cabal
De vida transformando interação

Social em pugilato e pura violência,
Porrada pura a depredar a decência
E quem não torça para o seu time.

Aí você não ama seu time e o odeia,
Sua paixão falsa e vontade de peia
Não o engrandece, apenas o deprime.

Francisco Libânio,
09/12/13, 6:13 PM
Postar um comentário