terça-feira, 17 de dezembro de 2013

1344 - Soneto aos reprimidos

Que pouca vergonha! Queria que fosse comigo!

Se alguém, casal ao lado,
Se beijar e caso sejam par,
Porque casal só pode dar
Homem e mulher, cuidado!

Olha o corpo ficar pelotado,
Um calor subir, você babar,
Enquanto os dois a namorar
Nem viram o terrível estado

Em que você se está e pior!
Cuidam-se como tanto amor
Que rechaçaram a reprovação

E ignoraram sua vã existência
Além de não dar alguma ciência
Ao ódio que travestia a atração.

Francisco Libânio,
15/12/13, 10:46 AM
Postar um comentário