quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

1318 - Soneto aos músicos famosos

Aposto que o Roberto sonha em fazer show em churrascaria.

Com os tempos de garagem pra trás
E agora os ginásios e as multidões,
Os festivais e possíveis premiações,
Agora tudo vive com um outro gás,

Outra atividade. Que diferença faz
Daqueles tempos, as aporrinhações,
A dificuldade, preterido por atrações
Que nem são tão boas assim, aliás,

Não são nada boas, falemos sério!
Tantos artistas são o despautério
Como o é arrebentar na vendagem,

Mas quem é bom mesmo arrebenta
E dura gerações mas o que os tenta
É a saudade dos dias de garagem.

Francisco Libânio,
22/11/13, 12:26 PM
Postar um comentário