domingo, 1 de dezembro de 2013

1312 - Soneto aos amigos interesseiros

Não vale o que come.

Ter olho no futuro e saber extrair
De tudo imperdível oportunidade,
A vida louva essa boa qualidade
E oportunidade é difícil de surgir.

O problema é o safado confundir
O que é oportunidade e amizade,
As palavras rimam, uma verdade,
Mas é muito pouco para usufruir

De ambas a parte mais escusa
E é um filho da puta quem usa
Um amigo para tirar vantagem.

Então quem vier com intenção,
Tente e o êxito será minha mão
Na cara, remédio pra trairagem.

Francisco Libânio,
21/11/13, 8:27 AM
Postar um comentário