domingo, 29 de dezembro de 2013

1377 - Soneto aos que queimam a largada

Virou antes...

Anima-se para a festa, faz concentração,
Reúne os amigos para aquele esquenta,
Contar lorota, papear e pôr uma pimenta
Na conversa e mais malícia na situação.

Aí, chega um amigo de tal empolgação,
Sujeito que nada tira e nada acrescenta,
Mas aí o rapaz saca o uísque e inventa
Um vira. E vira algumas em continuação

Seguida sem parar, dose atrás de dose,
Achando ser fodão todo cheio de pose
Até que acontece o descrito e inevitável.

Sujeito encharca, vomita no chão, apaga!
A balada já era! Amanhã ele terá a vaga
Lembrança de tudo, esse sujeito odiável!

Francisco Libânio,
24/12/13, 8:57 AM
Postar um comentário