sábado, 14 de dezembro de 2013

1337 - soneto aos apressados

O primeiro pedaço é seu, tá satisfeito?

Quem tem pressa come cru, é fato!
Chegar antes da festa é ajudar nela
E ficar cansado e não curtir naquela
Vibe. É um prazer um tanto inexato

E incompleto. Falta na alma o trato
De convidado. A hora, é entendê-la,
Respeitá-la. Cada instante dá a trela
E na vida tudo tem momento exato.

Corre pra vir em primeiro e avança
O sinal. Depois se perde e se cansa.
Ajuda, mas come pouco do menu.

Essa é a vida para quem a pressa
É perfeita sem ver que ela atravessa
O passo e come algo pior que cru.

Francisco Libânio,
12/12/13, 8:49 AM
Postar um comentário