domingo, 31 de março de 2013

872 - Soneto de caça aos ovos

Coisa mais gostosa.

Lembro quando eu era criança...
No domingo não podia faltar.
Reunir a molecada num lugar
E começar a louca andança

Atrás dos ovos. E se lança
Atrás de árvore. Um vai achar
E outro... Agora é empanturrar
Total na hora da comilança.

Brincadeiras bobas, divertidas
Que faziam as famílias unidas
E a Páscoa data inesquecível.

Hoje, quando como chocolate,
A lembrança de lá vem e bate.
Mais velho fico mais sensível.

Francisco Libânio,
31/03/13, 9:14 AM
Postar um comentário