domingo, 24 de março de 2013

840 - Soneto alheiamente inspirado

Inspirei numa delas ai. Descobre você qual.

Escreve uma música ou um poema
E quem lê busca agulha no palheiro.
Lê, ouve, disseca o negócio inteiro
Atrás de saber: Quem ali foi o tema?

E mato de pronto esse bobo dilema.
O tema foi um pensamento fagueiro
Que veio, um tesão mais interesseiro
E juntei os dois e rolou o esquema:

O poema surgiu, a música deu liga
Com a letra. E vai vir quem te diga,
Mas o nome da música, vê, é Maria!

É porque o título é o que eu faço
Por último. Peguei o nome no laço
E arrematei. Era o que você queria?

Francisco Libânio,
24/03/13, 2:41 PM
Postar um comentário