quarta-feira, 26 de março de 2014

1571 - Soneto do urso

Vem aqui, eu só quero te dar um abraço!

Um urso assistia ao desenho
Do Zé Colmeia, do Puff e, ora,
Ursos fofos, carinha sedutora,
Malandro, bom nesse engenho

De conquistar com bom cenho.
E foi testar seu charme na hora
Ao ser visto, visão assustadora,
Todos correram e, no empenho

De ser simpático foi atrás. Horror!
Urso faminto, um certeiro predador
Atrás de uma família. O pesadelo!

Fome não era seu mal, e, isso sim,
A rejeição. No desenho não é assim.
Fantasia é mesmo mundo paralelo.

Francisco Libânio,
24/03/14, 8:29 PM
Postar um comentário