domingo, 23 de março de 2014

1565 - Soneto do esquilo

é chato ser gostoso, mas...  Eu sou!

O esquilo era tido como fofo
Por onde passasse. Onde ia,
Uma menina de longe já o via
E dizia para dar certo estofo

A sua vaidade. E até balofo,
Achavam-no lindo, simpatia
Que enciumava quem queria
Alguns mimos. No cafofo

Na árvore, monte de castanha
Que ele, por ser fofo, ganha
E guarda. Fome ele não passa.

É a vantagem de ser bonitinho,
Inveja? Deixa! Para o daninho
Uma castanha por pura graça.

Francisco Libânio,
21/03/14, 4:21 PM
Postar um comentário