domingo, 2 de março de 2014

1523 - Soneto do chacal

Então esse é o Carlos, o Chacal? Deixa eu levar um lero com ele.

O chacal, um cachorro do mato
Africano, soube que o terrorista
Mais fodão que já teve na vista
O mundo, crueldade sem recato,

Homem que pratica assassinato
Frio; tipo sanguinário e calculista,
Agora preso e não mais na pista
Para praticar crimes. De imediato,

Quis o chacal conhecer seu xará
E saber desse epíteto no crachá,
Carlos, o Chacal, e tão profunda

Era a curiosidade que, satisfeita,
O chacal a tal comparação rejeita
E responde mordendo a bunda!

Francisco Libânio,
28/02/14, 12:34 PM
Postar um comentário