quinta-feira, 20 de março de 2014

1560 - Soneto do cachorro-vinagre

Quem aqui tem um tempero todo especial?

O cachorro-vinagre, de engraçado
Nome, usava-se sempre na piada,
Bobinha e, pelos bichos, manjada
Quando se dizia estar temperado.

A postura de geral exigia cuidado,
Apesar de sem graça e já contada
História, não era legal da bicharada
Mostrar a coletiva cara de enfado.

Mesmo porque o vinagre tanto ria
Da piada que desagradável seria
Cortar a graça do á engraçadinho

Cachorro-vinagre, horrível piadista,
Mas boa praça a tentar ser artista,
Mas pra piada não servia o baixinho.

Francisco Libânio,
18/03/14, 8:31 PM
Postar um comentário