segunda-feira, 18 de novembro de 2013

1289 - Soneto enjaulado

O povo com eles sempre.

Prenderam os caras do mensalão!
Comemora-se a vitória da Justiça,
A paladinagem da moral já se atiça
Agora, finalmente, veio a solução

Desse país que impera a corrupção,
Interessante é como segue omissa
A corte que julgou a tal histórica liça
Quando o amigo do juiz é o ladrão,

Pegaram o Dirceu e o gatuno do trem,
Esse, azul e amarelo, vai muito bem
E a Justiça estranhamente o esquece,

Perde prazo, faz de conta que não vê,
Promotor troca as gavetas do dossiê,
E a verdadeira quadrilha, feliz, agradece.

Francisco Libânio,
14/11/13, 7:48 PM
Postar um comentário