quinta-feira, 17 de abril de 2014

Hai-kai qualquer 07 (Para Gabriel García Marquez)

RIP Gabo. Merece todos os aplausos!

Anos de solidão se impondo
De tantos cem anos até hoje
Em nossa pobre Macondo.

Francisco Libânio,
17/04/14, 8:29 PM
Postar um comentário