domingo, 13 de abril de 2014

1603 - Soneto influente

Aí um gostou. Depois disso só a zorra!

Escreveria um soneto qual Bilac,
Escultor, preocupado com forma,
Usando tudo conforme a norma
A fim de agradar uma fina claque,

Plateia regada a uísque, conhaque,
Mas no andar, o soneto transforma,
Perde a finesse e só se conforma
Se tira violentamente o seu fraque,

Tipo um strip-tease e arrota gutural.
O público se enoja e mantem a tal
Fleuma até pra criticar este soneto.

Mas um no meio aplaude e desafia:
Soltem seus bichos como a poesia!
Eis que rola o rendez-vous completo.

 Francisco Libânio,
08/04/14, 1:13 PM
Postar um comentário