terça-feira, 22 de abril de 2014

1622 - Soneto da família japonesa

Papai, tenho uma coisa pra te mostrar.

Discrição, dedicação e disciplina,
A família nipônica traz da terra natal
Uma educação tão rígida e formal
Que desde seus tetravós se ensina.

Erro algum, há a fidelidade canina
Dos pais e um certo amor parental,
Diferente do que sabemos como tal,
Mas uma rigidez séria, coisa ferina

Quando se sai dessa lei de conduta.
Cultura milenar, seriedade absoluta,
Honestidade cobrada e sem escusa

Para falhas. Até penso na imagem
Do pai surtando ao ver a tatuagem
Do filho que resolveu ser da Yakuza.

Francisco Libânio,
15/04/14, 9:25 AM
Postar um comentário