segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

1512 - Soneto do búfalo

Vai reinar lá com as tuas negas!

O búfalo, em sua manada,
Búfalo pra tudo que é lado,
Andava lá despreocupado,
A turma não era incomodada

E quem toparia uma parada,
Correr risco de ser chifrado
Por um búfalo muito irritado?
O leão acha que não dá nada

E segue um perdido bezerro,
Que ao vê-lo, abre um berro
Para azar desse pobre leão

O bezerro é filho do chefe
E o leão vira um mequetrefe,
De rei das selvas a fujão.

Francisco Libânio,
20/02/14, 7:55 AM
Postar um comentário