domingo, 2 de fevereiro de 2014

1464 - Soneto com saudade

Só não é feriado como o Raul dizia...

Raul previu lá atrás o Dia da Saudade,
Cantou e o descreveu perfeitamente,
Mas pelo que faz e como trata a gente,
A homenagem tem toda necessidade.

Ela, não nego, tem sua boa qualidade
Uma vez que traz viva em nossa mente
Algo e alguém que não está presente,
Mas ao fazer da lembrança a vontade,

A Saudade perde a virtude e já merece
Uma surra homérica, enterro sem prece
Porque transformar algo que era legal

É pra foder com o bom humor. O dia
Da Saudade, assim sendo, deveria
Tê-la como Judas e dar-lhe um pau!

Francisco Libânio,
30/01/14, 12:31 PM
Postar um comentário