domingo, 2 de fevereiro de 2014

1466 - Soneto com intuição

Aaaai, minha perna doeu. Vem u tsunami por aí.

Aquela coisa de mão que coça
Ou joelho doendo que significa
Alguma coisa é superstição rica
E merece algo a ir além da troça.

É claro que o exagero engrossa
A piada, mas ter tal fé multiplica
A própria fé. Nada fático explica
O caso, mas a crença endossa.

Um detalhe, um comportamento
Distinto já dá um discernimento
Positivo que até pode acontecer

Ou não. O sonho mais diferente,
Eu e uma deusa resplandecente
Em momento de luxúria e prazer.

Francisco Libânio,
31/01/14, 12:19 PM
Postar um comentário