quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

776 - Soneto que ama uma mulher máscula

Tem charme e tem beleza.

Cuidar do corpo, formas, cultivá-lo,
Nada absurdo. Homem adora isso,
Tem na academia o compromisso
Que não permite algum desembalo,

Alguma falta fazendo mero intervalo
Para algum outro lazer ou o serviço
Que pague e o deixe mais submisso
Às formas. Peitoral qual de cavalo,

Braços fortes e bíceps montanhoso,
Mas vá uma mulher pôr musculoso
Seu corpo e verá tida masculinizada.

Certo shape tem lá sua beleza, é vero.
Desde que sem paranoia ou exagero
Não invejará gostosa alguma em nada.

Francisco Libânio,
27/02/13, 11:31 AM
Postar um comentário