terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

749 - Soneto da terça-feira de carnaval

Deixa pra próxima.

E vem aí a última noite de carnaval!
Tá forte e animada a pegação alheia,
E comigo a coisa tá ficando lá de feia,
Tô começando achar isso até natural.

Hoje tem festa! Não quero nada igual
Ao que aconteceu. Quero pôr na veia
Toda devassidão. Quero fazer a ceia
Com o mulherio, passar o rodo geral!

Bora pros bailes, o melhor vem no fim.
Tem algo fodástico guardado pra mim
E é no apagar das luzes que vou ligar!

Fiz ceia, passei rodo? Não dessa vez.
Só pela televisão foi que vi uma nudez
E o travesseiro a companhia a abraçar.

Francisco Libânio,
12/02/13, 8:00 PM
Postar um comentário