sábado, 9 de fevereiro de 2013

742 - Soneto enredo

Talvez a única relação entre carnaval e Roma Antiga sejam as bacanais. O que é ótimo.

Que os sambas-enredo sejam a alma
Do desfile como a bateria é o coração
Não discuto. Se ela irradia a emoção
Sem deixar quieta na avenida vivalma,

Eles, crias de gênios dignos de palma,
Sempre foram letras de muita inspiração,
Mas hoje talvez falte mais dedicação,
Basta analisa-los com bastante calma:

Sempre rola um clichê histórico: Roma,
Grécia, descobrimento e aí um axioma
Criando ligação com o tema da escola,

O ritmo é repetitivo, mas repetitivo o é
Também o jazz, só que não diz no pé,
Porém é mais interessante e não enrola.

Francisco Libânio,
09/02/13, 10:14 PM
Postar um comentário