domingo, 10 de fevereiro de 2013

745 - Soneto do domingo de carnaval

Deixa que amanhã vai ter...

Se no sábado a pegação foi frustrada,
No domingo tiro a barriga da miséria,
Afinal, aqui o tesão corre pela artéria
E minha libido precisa ser logo liberada!

E na segunda noite eu pego a putada,
Mostro que domino doutor essa matéria
E conto cada foda com toda a pilhéria
Que a foda casual merece ser contada,

Ao baile! Hoje tem rodo, tem bacanal,
Hoje que faço valer o que é o Carnaval,
Mas tá difícil. Deixa que já-já melhora.

Fim de soneto e eu não como ninguém,
Do meu lado até um monstro se deu bem
E eu aqui de vela! Melhor então ir embora.

Francisco Libânio,
10/02/13, 9:37 PM
Postar um comentário