segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

747 - Soneto da segunda-feira de carnaval

Se liga, cabeção!

Com o sábado e o domingo em branco,
Metade do carnaval passou e eu nada!
Virei paisagem, ignorado da mulherada,
Pegação na pista e eu quieto no banco

Pegando teia. Mas decidi! É no tranco,
Na marcha direta e na quinta engatada
Que hoje saio com uma bela namorada
E essa zica do inferno toco e desbanco.

Parto pro ataque, tá vendo essa morena?
Vou nela, vou pegá-la e vai dar é pena
Dela quando eu me mostrar como amante!

Mas na verdade, deu é pena desse cara,
Incompetente que leva azar quando azara
E ainda leva uma bifa por ser ignorante.

Francisco Libânio,
11/02/13, 8:38 PM
Postar um comentário