terça-feira, 28 de janeiro de 2014

1455 - Soneto com vontade de comer

Bonita, colorida e quente!

E ele queria comer algo diferente,
Algo cozinha indiana, tailandesa,
Queria algo excêntrico à sua mesa,
Dar ao seu paladar esse presente.

Juntou grana do seu suado batente,
Descobriu como o excêntrico pesa
No bolso e que gorda é a despesa
Nesses lugares, mas foi em frente.

Escolheu lá um restaurante indiano,
Mas não contava no seu bom plano
Com o tanto de pimenta no manjar.

Não conhecia, mas matou a lombriga
Da excentricidade, mas ainda briga
Com o intestino por conta do paladar.

Francisco Libânio,
27/01/14, 8:20 AM
Postar um comentário