sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

1435 - Soneto com savoir-faire

Ou pode ser considerado um craque por meio mundo e passar vexame.

Fala que sabe, detona, é o pica,
Que é o fodão, o boss, o cara,
Que com ele nada se compara
E praticamente ele se beatifica

Com uma arrogância impudica
Dizendo ter uma sabedoria rara,
Mas quando súbito se depara
Com um problema que a cuíca

Muda o tom, some a gabolice,
Fica no papo tudo o que disse
E quem se dizia pica já broxa.

Aí da estátua tomba o general,
E de um gênio do tipo maioral
Vira o doutor chato de galocha.

Francisco Libânio,
16/01/14, 7:01 PM
Postar um comentário