domingo, 12 de janeiro de 2014

1423 - Soneto com intelectualidade

Segundo Carlos Castelo Joyce é o Djavan da Literatura. Concordo.

O tal auto-dito intelectual
Colocou Joyce no soneto
Para ser gênio completo
E flanar por aí de maioral,

Mas leu Ulisses no total?
Entendeu aquele dialeto?
Inglês de um grupo secreto,
Leu Finnegans Wake e tal?

Joyce pra ele é a cantora,
Ulisses o velho que fora
Num terribilíssimo acidente.

Mas mandou o superlativo
Para manter sempre vivo
Um jeito culto e indigente.

Francisco Libânio,
12/01/14, 8:56 AM
Postar um comentário