quinta-feira, 1 de agosto de 2013

1156 - Soneto a gosto

Começou!

Por que ao chegar o oitavo mês,
O ano, finalmente põe um gosto
Em seu cardápio? Um suposto
Fino prato de um chef francês?

Mas agosto tem lá seus porquês,
Um é sobre o tal nome proposto.
De um imperador, e assim posto,
O nome virou mês no português,

Foi corruptelado e bem adaptado,
Mas o gosto, não sei se foi azado,
Pois há certo amargor no tempero.

Já eu o encaro como encaro o ano.
Não tem a graça do prato italiano,
Mas ponho molho e vou ao exagero.

Francisco Libânio,
01/08/13, 12:03 PM
Postar um comentário