domingo, 25 de agosto de 2013

1209 - Soneto sob influência de Caymmy

Afinal, pra que pressa?

Música sobre a Bahia, sobre o mar,
Sobre a baiana e vem de prisca era
Faz do velho Dorival a grande fera
Da música e garante a ele um lugar

Especial, e cadê para homenagear
O velho baiano? Em casa e a galera
Para aplaudi-lo que aguente espera,
A sesta dele é sem hora pra acabar.

Eh grande Caymmi, de Noel a Jobim!
Um grande mito até o definitivo fim
Que mostra que a qualidade trabalha

Com a tranquilidade, nada de pressa,
Uma rede e é lá que ela se processa,
Lá ou na paz total em Maracangalha.

Francisco Libânio,
25/08/13, 2:43 PM
Postar um comentário