segunda-feira, 12 de agosto de 2013

1181 - Soneto a ser parido

Aqui tem um monte...

Dentro de mim esses sonetos
Engarrafados são duras crias
Que aguardam suas alforrias,
Mas ainda são somente fetos.

Esses sonetos, filhos diretos
Das vivências dos meus dias,
Dos sucessos e das agonias
Podiam ser desejos secretos,

Mas não são. O que eu desejo
Soneteio como tudo que vejo
Dando pau ou dando confete.

Só que os sonetos encubados
Chocam e aí ficam passados
E se vão sem deixar lembrete.

Francisco Libânio,
12/08/13, 7:34 PM
Postar um comentário