quinta-feira, 1 de agosto de 2013

1157 - Soneto bom pra rato

Mesa dos sonhos!

Entre os tipos de aperitivos,
Um, sobretudo, muito seduz
E atiça meu espírito avestruz
A meus arroubos excessivos.

E então, eis queijos atrativos
De várias curas surgem à luz
Dos meus olhos. E aí conduz
Meu apetite seja em furtivos

Gestos, pedaços comedidos
Seja em golpes desimpedidos
E fatais às peças indefesas.

Gouda, ementhal ou muçarela,
Venha de lá a peça e farei dela
Rango sem poupar as belezas.

Francisco Libânio,
01/08/13, 8:00 PM
Postar um comentário