segunda-feira, 29 de julho de 2013

1148 - Soneto de fim de férias

Dezembro tem mais.

Quando o domingo, via Fantástico,
Anuncia que amanhã já é segunda
Bate uma dorzinha algo mais funda,
Pois parece dito em tom sarcástico.

Para o jovem, já pouco entusiástico
Com a escola, essa dor vem, inunda.
Acabaram as férias e a vagabunda
Sensação de liberdade. Fim drástico,

Poucos dias para se fazer tanto nada.
Agora é voltar à velha e já manjada
Rotina de levantar cedo para estudo.

E mal sabe o imberbe inconformado
Que chia por pouco. Menos agrado
Terá com o compromisso de barbudo.

Francisco Libânio,
29/07/13, 8:59 AM
Postar um comentário