sexta-feira, 5 de julho de 2013

1102 - Soneto perigoso

O cara não é tudo isso.

Cuidado, muito cuidado. O tema
Do soneto exige um certo toque,
Exige um que correto o coloque
Com tal dom e maestria extrema.

Uma vez posto, o tema o algema,
Põe preso o autor a seu reboque
E oferece tratamento de choque
Para não se ver tema em poema

Nunca mais. Soneto nem hai-kai!
O soneto chega a ponto que sai
Faísca. É o tema sendo vencido

E o poeta forçando-o a entregar
Os pontos. Ele cede, mas o ar
De mafioso italiano fica mantido.

Francisco Libânio,
05/07/13, 12:55 PM
Postar um comentário