segunda-feira, 24 de junho de 2013

1081 - Soneto joanado

Tu é o cara, meu irmão!

Em junho há festas em profusão
E pintam logo de cara três santos
Mais frisados que outros tantos
E causam aquela movimentação

Enchendo as ruas com a atração
Com Antônio e os seus encantos
Casamenteiros contra quebrantos,
Olhos-gordos e toda essa afetação

De estar sozinho. João é Batista,
É ele que, quando Jesus avista,
Chama-o cordeiro, que é o cara!

Junho tem dia de Pedro também,
Mas João, mais do que ninguém,
É quem este mês de festa declara.

Francisco Libânio,
24/06/13, 1:04 PM
Postar um comentário