quarta-feira, 12 de junho de 2013

1057 - Soneto desnamorado

quarto de motel livre, artigo raro no dia dos namorados.

Hoje sai o casal doido pra namorar,
Casa dele não dá. Ele fica sem jeito.
Casa dela menos. Puro desrespeito,
Mas eles querem o dia comemorar.

Correm a cidade atrás da elementar
Intimidade, mas até o mais suspeito
Muquifo tá ocupado. Sem um leito
Para a transa e sem nenhum lugar

Para um simples sarro. Agora já era!
Tem um canto, mas a fila de espera
Mais brocha que prepara para o céu.

Dia dos namorados sem um sacode
Só namorico já que hoje quem fode
Os namoros são os donos de motel.

Francisco Libânio,
12/06/13, 6:30 PM
Postar um comentário