quinta-feira, 13 de junho de 2013

1059 - Soneto esvandalizado

Porque ativista protesta em árabe, em turco e em inglês. Se protestar em português é vândalo e petista vagabundo.

No Egito, na Líbia e na Turquia
Houve protestos, gente na rua,
Pau comendo, sentando a pua
Enquanto aqui muito se repetia:

Isso é consciência, assim devia
Ser a gente, mas se compactua
Com a situação, corrupção nua,
Ainda há de chegar o nosso dia.

Quando pinta uma manifestação,
Povo na rua e peia na população
Como aquele estrangeiro ativista,

Mas só lá protestar vira heroísmo,
Pois aqui o protesto é vandalismo,
Coisa de vagabundo e comunista.

Francisco Libânio,
13/06/13, 6:53 PM
Postar um comentário