quinta-feira, 8 de maio de 2014

1654 - Soneto desorientado

Uma bela bbw sempre salva.

Como se caísse de um caminhão
De mudanças, em convalescência,
O Chico, após dar em sequência
Três sonetos, depara com um vão

Imenso. Cadê tu, dona Inspiração?
Preciso de sonetos, com urgência!
Um vai se fazendo em reminiscência
Do mal estar passado e da explosão

Sonetista. E vem um velho problema
Batido como a rima: Que será o tema?
O Chico pensa numa musa de Botero.

Pronto! O terceto salva todo o soneto,
Uma gordinha no final vira meu objeto
Inspirador e terá por isso todo esmero.

Francisco Libânio,
25/04/14, 9:03 AM
Postar um comentário