sábado, 3 de maio de 2014

1644 - Soneto do feriado longo demais

Chega! Cansei disso! Vamos voltar pra casa e ver TV.

Feriadão vem sempre bem,
Alivia o estresse cotidiano,
Dá um respiro e um abano
E nunca faz mal a ninguém,

Mas se o feriadão vai além
De um aceitável, seu dano
Cobra. Dá que o ar praiano
Cansa e aí é quando vem

A boa nostalgia do batente,
Escritório, dia-a-dia e gente
Em cima acaba sendo boa

Coisa. Feriadão, quero usar
Você, mas não vai abusar,
Como doce de coco, enjoa.

Francisco Libânio,
22/04/14, 9:30 AM
Postar um comentário