sexta-feira, 2 de maio de 2014

1641 - Soneto da mulher-mulher

Seria essa a mulher-mulher pro homem-homem?

Mas se o homem-homem é o brucutu
Macho e sem frescura, que viria a ser
A possível ou suposta mulher-mulher?
A propaganda, acaso, tirou do menu

Ou a mulher-mulher é algo menos cru,
Que não pode ser rústica, ter o poder
Deve ser bonita, gostosa e só a foder
Servir? Mulher-mulher deve estar a nu,

Pronta para o homem-homem e no cio
Só em sentir seu cheiro. Ter o poderio,
De dizer não e usar a opção de recusa

Jamais! Mulher-mulher é estar a dispor,
Segundo essa propaganda, do senhor
Homem-homem que dela só se lambuza.

Francisco Libânio,
21/04/14, 11:45 AM
Postar um comentário