segunda-feira, 3 de setembro de 2012

0413 - Soneto rondoniense

As caixas d´água símbolo de Porto Velho. Excêntrico. E bonito.

Porto Velho namora o rio Madeira,
O Equatorial esquenta até demais,
A capital longe de outras capitais
Tem nesse rio uma saída rotineira

Pudesse ser opção seria a primeira
A ferrovia, pior das mortes naturais
De outrora, mas ela não existe mais
Mas fez-se de lá uma gente pioneira

Fizeram mal? Ora, feita a Amazônia
E construído o Estado de Rondônia
Qual é o mal me desbravar floresta?

Lá, o branco e o índio fizeram povo,
Fundaram cidades e deram um novo
Ar onde se sabia ferrovia tão funesta.

Francisco Libânio,
03/09/12, 3:20 PM


Postar um comentário