sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

693 - Soneto quase interessante

Só que não!

Da minha parte, o soneto só interessa
Se o contido nele me segurar a leitura,
Pouco conta métrica, estilo ou feitura
Sou leigo demais para prender nessa.

Esse soneto, por exemplo, processa
Nada de métrica nem nada da loucura
Com sílabas e acentos. Sobra a pura
Intenção de escrever, o que expressa

Preocupação apenas com o conteúdo.
Uso o fim do soneto para dizer tudo
De interessante que cabe e me resta.

Meu terceto falaria da noite anterior
Regada a luxúria, loucura e até amor...
Isso se tivesse havido realmente esta.

Francisco Libânio,
28/12/12, 09:05 AM
Postar um comentário