sábado, 22 de dezembro de 2012

684 - Soneto hirsuto

Tem quem goste... Ainda bem!

E eu que não suporto pelos,
Faço barba dia sim dia não.
Incomoda, pinica... Uma aflição!
Barba e eu... Só grandes duelos...

Pelos, eu preferia não tê-los!
Cara lisa não dá preocupação,
Agrada em geral, dá impressão
Positiva, inspira bons modelos.

Pensava assim até conhecer
Uma diva, maravilha de mulher,
Boa cabeça, ideias modernas...

Aí deixei barba, bigode, tudo
Porque a um rosto desnudo
Ela prefere o tipo das cavernas.

Francisco Libânio,
22/12/12, 1:06 PM
Postar um comentário