quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

691 - Soneto quase repetitivo

Foto batida no Especial de _____ (Escolha o ano, não fará diferença)

Eu não sou nada monarquista,
Mas Roberto Carlos é rei, vá lá,
E cultiva esse reinado para cá
A cada fim de ano dando vista,

Em visita já sabida e prevista
Que tão cedo não se deixará.
E súdito algum a ela se oporá,
Pois a coroa ainda é benquista,

Querida, defendida e saudada,
Mas cá entre nós: Muda nada.
É sempre a mesma cerimônia.

O rei ainda tem toda majestade,
Mas seu especial é, de verdade,
Um grande remédio para insônia.

Francisco Libânio,
27/12/12, 12:34 PM
Postar um comentário