segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

674 - Soneto da expressão mentirosa

Continua a mesmas, mas... Dane-se!

“A amizade continua a mesma”. Existe,
Por acaso, um fim de frase mais infeliz
Que esse? Digno de pessoas mais vis
Que não quer por perto e, dedo em riste,

Afasta, mas ilude que ainda persiste
Alguma coisa e para apagar a cicatriz
Deixa a deixa estúpida quando a diz.
Não há nada mais falso ou mais triste.

A amizade continua a mesma. Passa,
Então em casa e fiquemos de graça
Apesar do havido, te aguardo por lá!

Frase imbecil, quem a criou não pensa
Nem sabe o quanto isso é uma ofensa
Ou não tem nenhum amigo nem o terá.

Francisco Libânio,
17/12/12, 12:01 PM

Postar um comentário