sábado, 14 de março de 2015

Poema de fuga 25

Naqueles tempos
Em que não tinha isso,
Não se falava aquilo
E tudo era mais castiço
Reclamava-se à vontade
E louvava o tempo anterior
Quando tudo era melhor
Que aquela modernidade.

Francisco Libânio,
12/01/14, 12:24 PM
Postar um comentário