sexta-feira, 27 de março de 2015

1821 - Soneto que fica

Dom Pedro, bem antes do Ipiranga,
Disse que o ar altivo que cá ele fica.
E deixou a Corte portuguesa tiririca.
Acirrando de além-mar a pior zanga.

Este Pedrão viu que a ser capanga
Da coroa que explora e domestica
É melhor mandar ele. Feita a futrica,
Os dois lados arregaçaram a manga

E cerraram dentes. Pedrão decide
E se estende até um tanto esta lide
Para ser herói da Pátria e libertador

Da Nação. E aí, todos enganados!
Pedrão só trouxe para nossos lados
O velho costume luso de explorar.

Francisco Libânio,
02/02/15, 12:43 PM
Postar um comentário